A Escrava Isaura

A Mulher que Encanta os Brasileiros até hoje!

A mulher que encanta os brasileiros até hoje!

A_Escrava_Isaura

O ano é 1929. Ronaldo de Alencar, uma espécie de Rodolfo Valentino tropicalizado, Elisa Betty e Celso Montenegro são nomes de atores que você provavelmente nunca ouviu falar, mas que realizaram algo inédito e inovador: um filme nacional rodado na aprazível cidade de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, sobre um dos livros mais populares da nossa literatura.

O ano agora é 2018 e estamos na Cinemateca Brasileira. Qual a relação entre os fatos atuais e aqueles ocorridos há quase 90 anos? É do Acervo da Cinemateca Brasileira que a Editora Madamu resgata, pela primeira vez em livro, imagens da primeira versão cinematográfica do maior sucesso de Bernardo Guimarães – A Escrava Isaura. Rodado em preto e branco, o filme mudo se apoiava unicamente na expressão facial e trejeitos dos atores para contar as loucuras do vilão Leôncio, ao não ser correspondido em sua paixão pela doce, casta e firme Isaura.

A Editora Madamu realizou extensa pesquisa histórica da obra de Bernardo Guimarães, bebendo em duas fontes: as primeiras edições publicadas pela Livraria Garnier do Rio de Janeiro, e o acervo da Cinemateca. O resultado é esta nova edição – ilustrada – de A Escrava Isaura. Nosso objetivo, com tal lançamento, é proporcionar um delicioso reencontro com os suspiros e suplícios de uma paixão que encanta os brasileiros há gerações.

COLEÇÃO FOLHETIM EM GRANDE ESTILO
A Escrava Isaura
foi o título escolhido para abrir a Coleção Folhetim em Grande Estilo: os livros desta coleção são impressos com letras grandes, projeto gráfico e papel que privilegiam o conforto da leitura. Por isso, são apropriados para todos os leitores, inclusive idosos ou com acuidade visual reduzida.

Os livros da Editora Madamu são vendidos exclusivamente em nossa loja virtual: Compre aqui e receba em casa, com toda a comodidade e frete grátis.

Compartilhe este post:

Posts Relacionados:

Deixe um Comentário